Mas e a cerveja, é gelada?

Bier

Sim, na Alemanha também faz calor de 30°C ou mais. No máximo duas semanas no ano, mas faz. A alemoada nessas semanas entra em pânico: muito calor, não dá para aguentar, vamos para piscina, lago, rio, sanga, o que for. A gurizada vai toda para os parques, curtir o sol, fazer churrasco. Começam a comparar as temperatuas com a de verões anteriores para ver se quebrou mais um recorde (parece que todo o ano é um recorde novo). Os conhecidos olham para mim e dizem: “você é que deve estar se sentindo como em casa!” Mas… o que todo mundo quer saber é: a cerveja é gelada?

Não, caros leitores, infelizmente não. Nem a cerveja, nem a coca-cola, nem o suco, nem a água, nada. Tudo aqui é frio, mas gelado ou melhor “estupidamente” gelado nem pensar. E não adianta reclamar com o garçon ou mudar de bar/restaurante/Biergarten que vai ser em todos os lugares a mesma coisa. As bebidas aqui são servidas frias, e não geladas. E em casa, água e suco são mantidos fora da geladeira, temperatura ambiente mesmo num calor de 40°C!

E por quê? Porque, em grande parte da Europa, o inverno é muito longo. Com temperaturas baixas e com o frio não há necessidade de se gelar as bebidas. Além disso, a cerveja da Alemanha é muito mais incorpada, com sabor mais intenso e grau alcoólico mais elevado, própria para climas frios. A cerveja brasileira é leve, quase aguada, comparando-se com as cervejas alemãs/tchecas/belgas, tem que ser tomada gelada, pois o nosso clima tropical e calor a maior parte do ano, pede bebidas leves. Por isso que quando algum brasileiro pergunta ao meu marido se ele gosta da cerveja brasileira, ele responde: a cerveja brasileira é boa no Brasil e a alemã é boa na Alemanha. Não dá para tomar uma cerveja incorpada com alto grau alcoólico na praia embaixo de um sol de 35°C. Cada cerveja é própria para a região onde foi fabricada.

Na Alemanha é costume as pessoas armazenarem a cerveja no porão, onde a temperatura ambiente durante os dias quentes é de 10-12°C. E para eles está bom assim, a cerveja não precisa ser mais fria do que isso. O meu marido já se abrasileirou e resfriamos a nossa cerveja na geladeira, o que já é muito bom comparando-se com a cerveja do porão. Na ocasião de um churrasco no pátio em comum do edificio onde moramos, a nossa cerveja estava esfriando num balde com água e gelo. Oferecemos uma ao nosso vizinho mais do que alemão e sabem o que ele disse? “O que é isso? Nunca vi cerveja tão gelada! Não dá para beber isso aqui!” e sabem o que ele fez? Colocou a cerveja diretamente do lado da churrasqueira para dar uma esquentadinha.

Mas se você quer fugir da cerveja fria e tomar aquela coca-cola BEEMM gelada num calor de 35°C, não se iluda, você não a encontrará num refrigerador marcando a temperatura de -4°C. Ela vai estar também somente fria.

Dresden, julho 2015, sob um calor de 40°C!

Larissa d’Avila da Costa